Agricultores de Santa Cecília são treinados para atuar na piscicultura

DSC_0980-270x179

Um grupo de agricultores familiares do município de Santa Cecília, no Cariri paraibano, que sempre trabalhou com a pecuária leiteira bovina, está interessado em agregar outras atividades nas suas propriedades. Para aproveitar o potencial hídrico do Rio Paraíba, pretende implantar projetos de piscicultura em viveiros.

A iniciativa partiu de uma mobilização feita pelo escritório da Emater em Santa Cecília que, no final de dezembro de 2017, levou comitiva de agricultores ao município de Serra Redonda, onde a piscicultura é executada com relativo sucesso.

Para definir cronograma de implantação de futuros projetos de piscicultura em Santa Cecília, foi realizada na terça-feira (3) uma reunião no Grupo Escolar Estadual Antonio Francisco Gomes, com a participação do engenheiro agrônomo Lino Gonçalves e o engenheiro de pesca Elton Cunha, com a participação do chefe do escritório local da Emater, Ailton Francisco dos Santos, e 18 agricultores familiares que manifestaram interesse por essa atividade.

A região apresenta potencialidades para piscicultura, ainda mais com uso das águas do Rio Paraíba que deverá ser perenizado com transposição de águas do Rio São Francisco. “A piscicultura é uma boa atividade desde que siga as normas e orientações técnicas”, comentou Lino Gonçalves. Lembrou que há uma grande demanda por peixe e a produção de pescado ainda é pequena na Paraíba.

“Há uma tendência entre os agricultores em trabalhar com a criação de peixe como renda complementar, já que a atividade principal é a pecuária”, comentou o Ailton Francisco. A agricultora Diana Dias, presidente da Associação Comunitária de Sariema, que trabalha com a produção de bolo e é fornecedora do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), esteve na reunião e manifestou o desejo de iniciar a atividade de piscicultura na comunidade onde reside.

Trabalhando com a criação de gado de engorda, caprinos e galinha de capoeira, o agricultor Marcel da Silva Almeida, do Sítio Santa Cecília, um dos entusiastas desta atividade no município, lembrou que o encontro que mantiveram no final do ano passado com piscicultores de Serra Redonda foi proveitoso, destacando a participação da Emater em contribuir para o intercâmbio e orientação aos projetos que venham a ser implantados.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *