AnimaCentro completa um ano com a marca da ocupação cultural do Centro Histórico e programação especial neste domingo

Esta semana, o maior projeto de intervenção cultural já realizado em João Pessoa, unindo a revitalização e ocupação do Centro Histórico, o AnimaCentro, completa um ano com uma programação especial para unir toda a família, nos espaços recuperados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), onde a cultura, as artes e o entretenimento são os protagonistas. Para celebrar a data, o projeto ganha novos três polos para eventos, com destaque para o Villa Sanhauá que terá programação fixa.

A partir deste domingo os pessoenses e turistas poderão se divertir nos seguintes locais: Parque da Lagoa, Hotel Globo, Praça da Independência, Casa da Pólvora, Pavilhão do Chá, Praça Rio Branco, Ponto de Cem Reis e o mais novo point Villa Sanhauá. Através destes oito espaços revitalizados pela atual gestão, acontece a essência do projeto que é aproximação da população à história da cidade, cultura e artes produzidas em João Pessoa e Paraíba.

Depois de mais de 450 atrações em 52 finais de semana ininterruptos envolvendo música, teatro, cinema, dança, artes plásticas, feiras de artesanato, gastronomia e cultura popular, além de movimentar a economia, comércio e setor de turismo, o AnimaCentro terá um dia de festa neste domingo (9) para toda a família em quatro polos do programa.

O projeto AnimaCentro foi lançado no ano passado pelo prefeito Luciano Cartaxo durante evento no Pavilhão do Chá, dentro da política de valorização e incentivo à cultura da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), como forma de ocupar com as artes todos os espaços revitalizados pela atual gestão. “Em setembro do ano passado, nossa cidade foi incluída na Rede Mundial de Cidades Criativa da Unesco, e desde então, o trabalho de recuperação do Centro Histórico com o objetivo de fazer o pessoense e turista voltar a viver esta região ganhou um significado ainda mais especial quando criamos o programa AnimaCentro, que passou a oferecer uma programação permanente, que movimenta artistas, comércio e toda a região do Centro”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

Além da movimentação de público, entre pessoenses e turistas, o projeto AnimaCentro contribui ainda com toda a cadeia produtiva da cultura, oferecendo ocupação direta e indireta a centenas de trabalhadores incluindo além dos artistas, técnicos, profissionais de apoio e serviços como estrutura, sonorização e iluminação. Além disso, movimenta também o comércio da região na área da alimentação, os bares e hotéis.

“A atual gestão mostra através do AnimaCentro que revitalizar o Centro Histórico e investir em atrações culturais é o caminho para preservar nossa história e mantê-la viva e pulsante. Nossa programação tem destaque tanto para a parte histórico-cultural, quanto para lazer e entretenimento. Nós incentivamos a preservação dos espaços e da história de João Pessoa. Isso é extremamente importante para as novas gerações e, por isso, temos uma dedicação especial à programação infantil, para também apresentarmos nossa história às crianças para preservar a riqueza do berço de nossa cidade. Dessa forma, o projeto é voltado para toda a família, promovendo o encontro e interação entre pais e filhos, de contemplação da natureza, do nosso pôr do sol e de nossas belezas históricas e naturais”, afirmou a coordenadora do programa AnimaCentro, Pricila Camboim.

Ao longo de um ano, aconteceram 34 exposições; 55 shows do Sabadinho Bom; 53 apresentações de cultura popular; 100 apresentações de teatro, circo e show de mágica no Parque da Lagoa e Praça da Independência; 7 atrações de cinema público; 5 shows especiais no Parque da Lagoa; 32 atrações no Pavilhão do Chá, entre exposições, cultura pop, feiras, literatura e gastronomia; 51 shows do Pólvora Cultural e 49 atrações de teatro, dança e oficinas no Centro Cultural Casa da Pólvora, entre outras.

Domingo de festa – Neste domingo (9), para comemorar um ano de AnimaCentro, a programação já está montada no Parque da Lagoa, Praça da Independência, Parque Casa da Pólvora e na Villa Sanhauá. No Parque da Lagoa, as atrações têm início às 14h e se estendem até as 18h, com brincadeiras para as crianças, show de mágica e apresentação natalina.

Programação completa:

Parque da Lagoa
14h – Brincadeiras Infantis e Pintura Artística- Praça da Criança
15h- Contação de Histórias – Praça da Criança
15h – Hora da Palhaçada com Tel Pastel – Praça Pedra do Reino
16h – Espantaram o Espantalho Praça Pedra do Reino
16h – Cultura Popular
17h- Show de Mágica – Praça Pedra do Reino
Praça da Independência
16h – Santimbancos
Praça XV de Novembro: (Villa Sanhauá)
16h – Teatro Infantil Soluar
Centro Cultural Casa da Pólvora
Feira Cria
Pólvora Cultura com Flamenhell e Sea of Monters
Secom-JP

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *