Após ameaças de Trump, TikTok diz que não planeja deixar EUA

A gerente-geral do TikTok nos Estados Unidos, Vanessa Pappas, advertiu neste sábado (1º) que a rede social chinesa não tem planos de deixar o país, respondendo às ameaças feitas pelo presidente americano, Donald Trump, de proibir o uso do aplicativo. Em um vídeo postado no Twitter, Pappas também agradeceu aos milhões de americanos que usam a rede diariamente e garantiu: “Não planejamos ir a lugar algum”.

Em sua mensagem, Pappas afirmou que a empresa tem orgulho dos 1,5 mil trabalhadores que contratou só nos EUA e que criarão mais 10 mil empregos nos próximos três anos. “Não estamos planejando ir a lugar algum. O TikTok é um espaço para criadores e artistas expressarem suas ideias e se conectarem com pessoas de diferentes origens. Estamos orgulhosos de todos que chamam o TikTok de casa”, destacou.

 

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *