Brasil perde para Dinamarca e dá adeus ao bi no Mundial de Handebol

A seleção feminina de handebol enterrou qualquer possibilidade de classificação para a segunda fase do Mundial de Kumamoto (Japão) após perder na manhã de hoje (4) para a Dinamarca por 24 a 18. Foi a terceira derrota das brasileiras na primeira fase do torneio. Além disso só conseguiram um empate. Com o histórico, o Brasil está em quinto lugar no grupo B, com apenas um ponto, e matematicamente eliminado. Apenas os três primeiros colocados de cada chave avançam no torneio.

Já classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ao conquistar o ouro no Pan-Americano de Lima (Peru) este ano, a seleção sonhava com o bicampeonato no Mundial – o primeiro título veio em 2013. Mas o caminho do Brasil na primeira fase foi um dos mais difíceis do torneio. A seleção está no grupo B, junto com outras quatro campeãs mundiais. Na estreia, caiu diante da Alemanha pelo placar de 30 a 24; depois empatou em 19 a 19 com a França, atual detentora do título; ontem (3) as brasileiras foram superadas pela Coreia do Sul, por 33 a 27.

As brasileiras voltam à quadra na próxima sexta-feira (6) contra a Austrália, às 3h (horário de Brasília) apenas para cumprir tabela.

Fonte: Agência Brasil

 

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *