Celebração ecumênica inicia solenidades de posse do governador João Azevêdo e da vice-governadora Lígia Feliciano

Uma celebração ecumênica deu início, nesta terça-feira (1º), às solenidades de posse do governador João Azevêdo e da vice-governadora Lígia Feliciano. O ato religioso ocorreu no hall de entrada do Teatro A Pedra do Reino, no Centro de Convenções, em João Pessoa, e foi concelebrado pelo padre da paróquia Santo Antônio de Lisboa, Egídio de Carvalho; pelo pastor da Primeira Igreja Batista, Estevam Fernandes; pela Iylorixá, Iyá Lúcia Omidewá; e pelo presidente da Federação Espírita da Paraíba, Marco Lima.

Na ocasião, o governador João Azevêdo garantiu estar pronto para vencer os desafios e conduzir os destinos da Paraíba. “Eu tenho consciência da responsabilidade que terei a partir de agora e estou preparado para continuar construindo um Estado de oportunidades para todos os paraibanos”, destacou.

A vice-governadora Lígia Feliciano disse que o momento é de gratidão a Deus e ao povo. “Para mim, é um momento de alegria e de gratidão a Deus e às pessoas que têm o sentimento de que o nosso Estado necessita continuar crescendo e melhorando”, falou.

Além dos louvores e da oração do Pai Nosso, a celebração ecumênica foi marcada pelas bênçãos dos líderes religiosos aos governantes da Paraíba. Na oportunidade, o governador João Azevêdo fez a leitura de um texto bíblico do primeiro livro dos Reis. Já a vice-governadora Lígia Feliciano fez a oração de ação de graças.

Em sua homilia, padre Egídio de Carvalho falou da missão dos gestores de investir em políticas públicas voltadas para as pessoas mais carentes. “Nas mãos de vocês está a vida do povo da Paraíba. Olhem, sobretudo, para os mais pobres, por aqueles que mais necessitam porque eles se enchem de esperança de um tempo novo e de uma vida nova”, ressaltou.

O pastor Estevam Fernandes disse que o momento é de pedir paz e prosperidade para o Estado. “Quero pedir a Deus que abençoe este governo que assume, pedir bênçãos ao nosso Estado e que vocês sejam usados para fazer o povo da Paraíba feliz”, acrescentou.

culto ecumênico3 - foto André LúcioO representante da Federação Espírita da Paraíba, Marco Lima, desejou sabedoria, paciência e habilidade aos governantes. “Que o Estado possa se desenvolver nas mãos das nossas autoridades em todos os aspectos: com trabalho, dignidade, cidadania, emprego e renda para a população”, enfatizou.

Já a mãe Lúcia Omidewá, representante dos cultos de matrizes africanas, destacou a importância de se governar um Estado com justiça e igualdade social. “Que o Senhor conceda condição e condução para que os nossos governantes conduzam o povo com igualdade, paz, amor e justiça social”, declarou.

Familiares, autoridades, secretários de Estado e populares estiveram presentes à celebração ecumênica.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *