Com igrejas lotadas, programação da tarde do 7º Festival de Música Clássica continua nesta sexta-feira

A cada dia o público tem participado mais do 7º Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa e nesta sexta-feira (29) não será diferente. Na programação do evento, a partir das 14h30, o Quarteto Municipal de João Pessoa se apresenta no Mosteiro de São Bento. Já às 16h, entra no palco do festival o grupo Duo Perazzo Coelho, que traz o piano e flauta, fazendo um som marcante para os participantes. Com entrada gratuita, o evento é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

Na tarde desta quinta-feira (28), o público se emocionou com a apresentação da Orquestra do projeto Ação Social pela Música, unidade no Alto do Mateus. A orquestra é formada por estudantes de 6 a 16 anos e atende atualmente 140 crianças na capital paraibana. Em João Pessoa, a iniciativa começou no Alto do Mateus, ensinando cerca de 70 crianças e adolescentes a partir de julho de 2015. Os alunos, de 6 a 16 anos, primeiro aprendem a tocar instrumentos de corda, que são viola, violino, violoncelo e contrabaixo. Depois aprendem a atuar como orquestra.

Para o Wesley Gomes, participante do projeto há cerca de 3 meses, participar do festival é uma oportunidade de expandir sua carreira, ganhando experiência e adicionando mais vivências em seu curriculum. “Eu me sinto honrado de poder fortalecer minha carreira neste evento, mas acima de tudo é muito prazeroso ver as pessoas se emocionando, sorrindo e vibrando com nossa apresentação. Ver pessoas que chegaram tristes saírem muito felizes. A música tem esse poder, de mudar realidade das pessoas, assim como também mudou a minha, pois me sentia uma pessoa triste e aqui no projeto mudei minha vida, hoje sou uma pessoa sociável”, contou emocionado.

Já para a diretora da Escola Municipal Bilíngue Dom José Maria Pires, no bairro Alto do Mateus, Aline Paes, trazer os alunos para participar do evento é uma forma de incentivar a cultura musical e, ao mesmo tempo, fortalecer os trabalhos com a música que já são realizados na escola. “É muito bom poder trazer esses alunos para o festival. Em nossa escola já atuamos com trabalhos de música clássica e a gente ver a mudança dos alunos após o contato com as músicas, eles se desenvolvem muito mais nas outras disciplinas”, destacou a diretora.

A aluna da Escola Municipal Dom José Maria Pires, Ana Carolina, de 11 anos, concorda com a diretora, segundo ela, a música mudou sua vida. “Eu sou outra pessoa depois que comecei a aprender a tocar um instrumento musical. Posso dizer que vir aqui é emocionante, pois eu fico imaginando o que os músicos estão sentindo ao se apresentar. Pois eu sei que precisa de muita dedicação e ensaio. Eu pretendo seguir carreira na música, pois eu amo tocar, tanto eu quanto minha irmã, que também é música”, disse.

Na tarde desta quinta, além do público geral, mais de 70 alunos da Escola Municipal Bilíngue Dom José Maria Pires assistiram à apresentação, além de alunos de uma escola particular da cidade. Durante toda a semana, outras escolas estão participando do festival.

Logo após, às 16h, na Primeira Igreja Batista, foi a vez do grupo DuAs se apresentar. O DuAs nasceu do encontro de duas instrumentistas versáteis que tocam ambas violoncelo e piano que anseiam fazer música explorando a linha tênue entre cultura popular e erudita. Desta maneira desenvolvem um repertório diverso que contempla as possibilidades de duos com estes dois instrumentos, ora piano e violoncelo, ora, duo de violoncelos. No programa do Festival Internacional de Música de João Pessoa teve, mais uma vez, como convidado especial o oboísta Ravi Shankar Viana.

Festival – O Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa conta com 22 apresentações (concertos e recitais), 12 masterclasses e mais de 30 atrações. O evento, um dos mais destacados do gênero erudito no Brasil, e que em sua sétima edição homenageia a Bossa Nova, está sendo realizado até o dia 30 de novembro. Para conferir mais notícias, toda programação de concertos, locais, além do perfil dos músicos é só acessar o site oficial do evento: musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br.

Secom-JP

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *