Concerto para Oboé de Mozart é destaque da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba nesta quinta-feira

O Concerto para Oboé, do compositor austríaco W. A. Mozart, é uma das atrações do 9º Concerto Oficial da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, que será realizado, nesta quinta-feira (5), às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa, com entrada gratuita. O concerto tem regência do maestro Luiz Carlos Durier e participação do oboísta da OSJPB, Danrley Natan de Lima, como solista.

“Nós estamos muito contentes, pois a Sinfônica Jovem da Paraíba, neste ano de 2019, produziu muita coisa boa, com qualidade artística e com diversidade de autores nos nossos concertos. Neste nono concerto não será diferente”, disse o maestro.

Esta apresentação da Orquestra Jovem terá início com a execução de “Abertura Cubana”, composição do americano George Gershwin, que compôs tanto para a Broadway quanto para concertos clássicos. “Uma música muito legal, muito dançante, muito empolgante”, observou Durier.

Em seguida, com a presença do oboísta Danrley Natan de Lima, será a vez do “Concerto para Oboé em Dó Maior, KV. 314 (Allegro sperto, Adagio non tropo, Rondó – Allegro), de Mozart, um dos mais célebres compositores de todos os tempos.   “O concerto de Mozart é um concerto muito importante na literatura do oboé, por várias razões. Uma delas é do ponto de vista técnico e a outra do ponto de vista musical, mas o mais importante é a beleza que esse concerto tem e o quanto ele empolga a todas as pessoas que ouvem a música maravilhosa de Mozart”, destacou.

O concerto será encerrado com “Quadros de uma Exposição”, do compositor russo Modest Mussorgsky, considerada uma obra-prima de sugestão poética. Essa composição tem uma sequência de peças intituladas: Promenade, O Velho Castelo, Ballet dos Pintinhos em suas Cascas de Ovos, Samuel Guldenberg e Schmuyle, Limoges – A Praça do Mercado, Catacumbas Sepulcrum Romano, Com Mortos em Língua Morta, Baba Yaga, A Cabana sobre Patas de Galinha e A grande Porta de Kiev. “Trata-se de uma música muito importante da literatura universal, numa orquestração bastante inusitada de Mikhail Tuchmalov. Cada uma dessas peças tem as impressões do autor. São quase descritivas”, explicou o maestro.

Durier tem boas expectativas sobre a atuação das orquestras paraibanas na temporada do próximo ano. “Pelos exemplos que tivemos este ano, esperamos poder fazer ainda melhor no ano de 2020. A Orquestra Sinfônica Jovem é uma joia de produção musical. Muitos talentos paraibanos e até de estados vizinhos procuram a orquestra sinfônica para desenvolverem as suas habilidades artísticas e técnicas e a Paraíba tem a vantagem de ter organismos musicais importantes para que as pessoas possam estudar, crescer e se tornar bons profissionais da música”.

Solista

Danrley Natan de Lima integra a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB), como primeiro oboísta. É diplomado pela Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), onde iniciou seus estudos aos 7 anos de idade. Dois anos depois, ingressou na Orquestra infantil da Paraíba (OIEPB), e em 2013, na OSJPB e na Orquestra Armorial Ariano Suassuna, onde fez apresentações pelo Brasil.

No ano de 2015, Danrley iniciou o bacharelado em Música na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em oboé, e já se apresentou junto a várias orquestras do Estado, como a OSPB, OSUFPB-Jovem, OSUFPB e OSMJP. Foi premiado como Jovem Solista da OSJPB para a temporada de 2017 e classificado para semifinal do Concurso Nacional de Palhetas Duplas (ABPD). O oboísta participou do Festival Sesc de Música de Pelotas e do I e II Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa. Em Masterclass já participou de aulas com Christophen Hartmann (Berlin-Philarmonic), SaharRoper, Isac Duarte, Joel Gisiger (OSESP), Carlos Justi (Uni-Rio), José Medeiros, Hugo Souza (UFRN), entre outros.

O regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 22 anos. Em setembro de 2013, foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por cinco anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa junto a artistas brasileiros. No dia 5 de agosto de 2015, as orquestras paraibanas apresentaram concerto na inauguração do Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa, com a participação da cantora carioca Zélia Duncan.

No ano seguinte, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras paraibanas Cátia de França e Nathalia Bellar, e no ano passado, o também paraibano Chico César foi o destaque. No último dia 5 de agosto, o concerto em homenagem aos 434 anos de João Pessoa foi realizado na Praça do Povo do Espaço Cultural, seguido pelo show da banda Paralamas do Sucesso.

Serviço

9º Concerto Oficial da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba

Regente: Luiz Carlos Durier

Solista:  Danrley Natan de Lima

Dia: 05/12/2019 (quinta-feira)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural

Entrada gratuita

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *