Estagiários do Programa Primeira Chance iniciam atividades na Empaer

Os estagiários integrantes do Programa Primeira Chance, do Governo do Estado, selecionados para atuar na Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), vinculada à Sedap, começaram suas atividades na área de agropecuária, na Estação Experimental de Alagoinha.

No local, as alunas Gabrielle de Abreu e Sabrina Adlla, do curso técnico de Agropecuária, acompanham as atividades de pesquisa de melhoramento genético dos rebanhos Sindi e Nelore, desenvolvida na estação pelo grupo de pesquisadores da Empaer.

No primeiro contato com a equipe de pesquisadores, as estagiárias foram recebidas pelo gerente da estação, Rubens Fernando da Costa, e estavam acompanhadas do professor e coordenador do estágio, Marcelo Pereira Cruz, do professor e coordenador do curso técnico em Agropecuária, Wendel Pires Carneiro, da Escola Cidadã Integral Técnica Agenor Clemente dos Santos, em Alagoinha.

O gerente da estação destacou a importância do estágio na formação profissional das alunas e mostrou os setores onde irão atuar, além da parceria entre escola e estação experimental como ponto fundamental para o crescimento científico das estudantes.

Como parte do convênio com o Programa Primeira Chance, a estação experimental de Umbuzeiro e a gerência regional da Empaer, em Itabaiana, também recebem estagiários.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *