Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento

O advogado e ex-assessor do Ministro da Saúde Francisco de Arruda Cangussu, de 62 anos, conhecido como Kiko Cangussu, foi encontrado morto no apartamento em que morava, na região central de Campo Grande-MS. Ele foi encontrado por volta das 19h30 desta segunda-feira (30). A família suspeita que Francisco tenha sofrido um infarto.

Na época em que o ministro Luiz Henrique Mandetta trabalhava como deputado federal, Kiko atuou como assessor.

O irmão de Francisco, Paulo Cangussu, foi até o edifício, mas não conseguiu entrar em contato com Kiko. Paulo então ligou para o filho do advogado, Luiz Guilherme Cangussu, que abriu o apartamento.

 

Fonte: https://jornaldebrasilia.com.br/brasil/

Foto: Reprodução

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *