Gás de cozinha pode chegar até R$ 65 em João Pessoa, alerta Procon-PB

O preço do gás de cozinha em João Pessoa oscila de R$ 48 até R$ 65. É o que mostra a pesquisa realizada pela Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB) divulgada na tarde desta quarta-feira (20). A instituição ressalta a importância de prestar atenção na escolha do estabelecimento, pois os preços podem variar de acordo com as formas de pagamento. Ao todo, foram consultados 24 postos de venda na Capital paraibana durante a terça-feira (19).

De acordo com a pesquisa, o melhor preço pode ser encontrado por clientes que optem buscar pelo produto no estabelecimento. O gás de cozinha sem o serviço de entrega custa R$ 48 no estabelecimento SOS Gás, localizado no bairro da Torre. Já o preço do gás de cozinha com entrega, à vista ou a prazo, chega a custar R$ 55 no mesmo estabelecimento.

O gás de cozinha com entrega na modalidade de pagamento à vista pode ser adquirido pelo menor preço de R$ 55 em estabelecimentos de cinco bairros: Josimar Gás (Cristo), Mercadinho Caaporã (Mangabeira), Neto Gás (Bancários), Ricardo Gás (Jaguaribe) e SOS Gás (Torre). O gás de cozinha com entrega na modalidade de pagamento a prazo também pode ser adquirido pelo menor preço de R$ 55, em estabelecimentos de dois bairros: Josimar Gás (Cristo Redentor) e SOS Gás (Torre).

O valor mais caro (R$ 65) foi encontrado em sete estabelecimentos, distribuídos por seis bairros: Emerson Gás (Bancários), Nilda Gás (Castelo Branco), Brasil Gás (Centro), Ferreira Gás (Cristo Redentor), Max Gás (Cristo Redentor), Alex Gás (Cruz das Armas) e Fort Gás (Cuiá).

Planilha – Preço do gás de cozinha oscila de R$ 48 até R$ 65 em João Pessoa

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *