Governo capacita profissionais para testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites

Enfermeiros e bioquímicos que atuam nos 42 municípios que integram a 3ª Gerência Regional de Saúde (GRS), sediada em Campina Grande, participaram, nessa quarta-feira (6), de um treinamento para a realização de testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites B e C.

No treinamento, os profissionais receberam orientações sobre a realização dos testes rápidos, cujos resultados são conhecidos em apenas 15 minutos. A testagem deve ser feita sempre após a entrevista com o paciente, seguida da coleta de sangue no dedo.

“Caso o resultado seja reagente, o paciente deve ser orientado a procurar os serviços especializados e a rapidez no diagnóstico dos testes rápidos faz com que o tratamento seja iniciado imediatamente, contribuindo para a qualidade de vida do paciente”, explicou a gerente da 3ª GRS, Tatiana Medeiros.

No caso de HIV, o encaminhamento é feito para os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA). O paciente diagnosticado com sífilis e hepatite B deve ser orientado a procurar uma unidade básica de saúde e no caso da hepatite C, ele deve ir às unidades de saúde especializadas em infectologias.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *