Governo disponibiliza RG para alunos das escolinhas de futebol

Cidadania e inclusão são palavras que definem a ação do Governo do Estado, que, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), emite, nesta semana, cerca de 300 Registros Gerais (RGs) para crianças e adolescentes inseridos nas escolinhas de futebol dos Centros Sociais Urbanos (CSUs).

Participam da ação, que vai até a próxima sexta-feira (8), as escolinhas dos CSUs dos bairros do Geisel, Rangel, Mandacaru e da cidade de Santa Rita, além do Centro de Atividades e Lazer Padre Juarez Benício (Cejube), localizado no bairro de Gramame.

As crianças e adolescentes têm de 8 a 15 anos de idade e estão sendo levadas junto com os familiares, em transporte da Sedh, à sede do Programa Cidadão, localizado no Centro de João Pessoa, para emissão gratuita de seus documentos.

Segundo o coordenador de Esportes da Sedh, Carlos Antônio dos Santos “percebendo a carência das crianças e adolescentes envolvidos no projeto das escolinhas, em relação à documentação, tivemos essa ideia de fazer essa ponte para a retirada da documentação tão necessária a eles”, contou.

Para Lindemberg Brito, da coordenação do CSU da Sedh, “O projeto das Escolinhas de Futebol dos CSUs é audacioso. Sabemos que o desenvolvimento humano perpassa por diversas áreas e aqui, nesta ação, fazemos cidadania na ponta. É a Proteção Social através do esporte. A coordenação está muito feliz com o apoio”.

David Felix do Nascimento, de 10 anos, é morador do Engenho Velho, e frequenta a escolinha de futebol do Cejub. Acompanhado de sua mãe, a dona de casa, Giliane Felix de Lima, ele falou entusiasmado. “Eu estou muito feliz por poder tirar minha identidade. Com ela, minha mãe vai poder marcar meus exames, fazer a matrícula da escola e me inscrever nos jogos”, complementou David.

Rita de Cássia Lelis acompanhou seu filho, João Carlos e o sobrinho Welligton Souza na retirada do RG. “Para mim facilitou muito! Eu não tenho muito tempo livre, então conseguir retirar a documentação das crianças com essa facilidade, está sendo ótimo. O transporte foi nos pegar no Cejube e vai nos deixar. Sem contar que essa identidade servirá também para acesso ao hospital, na escola, e para viajar”, enfatizou.

A emissão da documentação é realizada pelo Programa Cidadão, que visa proporcionar às pessoas de baixa renda os meios necessários para a legalização junto aos órgãos públicos federais, estaduais e municipais, através da emissão e regularização de documentos.

Segundo o gerente do Programa Cidadão, Roberto Leite, o Programa já tem esse perfil de levar seus serviços para junto do povo. “Sabemos a carência dos usuários do CSUs e as dificuldades das famílias de vir tirar os documentos. Por isso, hoje estamos felizes em acolher essas crianças e suas famílias”, ressaltou.

O Programa Cidadão neste ano já atendeu mais de 110 municípios do estado, com emissão de cerca 140 mil documentos.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *