Governo realiza oficina para estruturação de Grupo Técnico de Controle da Tuberculose

A Gerência Executiva de Vigilância em Saúde, por meio do Núcleo de Doenças Endêmicas, em parceria com o Programa Nacional de Controle de Tuberculose e a ONG Cordel Vida, realiza nesta quinta-feira (6), a II Oficina de Mobilização para Estruturação do Grupo Técnico de Controle da Tuberculose. O evento será realizado das 8h30 às 16h, no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), e tem por objetivo estruturar um grupo técnico de ações para enfrentamento da tuberculose na Paraíba.

Participam do evento a Coordenação Adjunta do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, a Coordenação do município de São Paulo, as coordenações dos Programas Municipais de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita, Bayeux – municípios prioritários no estado para o controle da doença – Centro POP, Programa Ruartes, a equipe do Consultório na Rua de João Pessoa, ONG´s Cordel Vida, Mel, Apros, Coordenação de Atenção Básica do Estado e dos municípios prioritários, Coordenação de Saúde Mental do Estado, Gerência Operacional de Vigilância Epidemiológica e de IST/AIDS, além do Hospital Clementino Fraga.

A mesa de abertura da oficina será composta pela coordenadora estadual do Programa de Controle da Tuberculose, Lívia Borralho; a gerente operacional de Vigilância Epidemiológica, Izabel Sarmento; a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Renata Nóbrega; a gerente operacional de IST/AIDS, Ivoneide Lucena, e a coordenadora adjunta do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, Patrícia Werlang. Segundo Lívia Borralho, o evento trata-se de uma etapa preparatória para formalizar o Grupo Técnico com discussões que permeiam a situação epidemiológica da tuberculose, as situações de vulnerabilidade e ações necessárias para o enfrentamento da doença no estado.

“O grupo tem a missão de ser um articulador entre governo e sociedade civil, buscando integração e contribuição para as políticas públicas do controle da tuberculose no estado. Tem por objetivo promover a participação de profissionais e representantes da sociedade civil, monitorar e avaliar a situação epidemiológica e operacional das ações de controle da tuberculose em relação às metas pactuadas em nível nacional, estadual e municipal, socializar as informações produzidas para o controle da tuberculose com os profissionais de saúde e representantes da sociedade civil”, explicou Lívia.

Durante todo o dia, serão abordados temas como o cenário epidemiológico da tuberculose na Paraíba e a situação epidemiológica da infecção pelo HIV e os desafios para enfrentamento da coinfecção tuberculose-HIV. Também será apresentada a experiência do Comitê de Controle da Tuberculose do município de São Paulo, além da realização de discussões e trabalhos em grupo.

Lívia ressalta que o controle da tuberculose está diretamente relacionado às ações de mobilização e comunicação social, o que permite garantir a manutenção das políticas públicas de assistência e vigilância da doença no estado. Ela destaca ainda a importância de atividades intersetoriais para redução da doença e garantam o tratamento oportuno com desfechos de cura, a partir das estratégias de adesão ao tratamento, principalmente nos grupos de maior vulnerabilidade, como população em situação de rua, privados de liberdade e pessoas que vivem com HIV.

“A partir da realização da oficina esperamos que a sociedade civil, os gestores e profissionais de saúde possam contribuir de forma articulada nas ações de controle e enfrentamento da doença no estado, buscando reduzir a incidência da doença e o número de mortes provocadas pelo adoecimento”, concluiu.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *