Mano cobra mais R$ 1 milhão do Cruzeiro e Justiça determina pagamento em 15 dias

O técnico Mano Menezes moveu uma ação contra o Cruzeiro na última quarta (20), cobrando R$ 1.011.374,23 de direitos de imagem. A ação monitória do ex-técnico da Raposa foi acolhida pela juiza Andrea Buttler, da 42ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, que determinou ao clube o pagamento desse valor em até 15 dias.

A reportagem teve acesso ao documento, assinado nessa terça (26), pela juíza. “Acolho a presente ação monitória. Nos termos do art. 701 do CPC, cite-se a o demandado, através de Oficial de Justiça, para pagamento, no prazo de 15 dias, observando-se o disposto no parágrafo 2o do mencionado dispositivo”, traz.

A ação é movida pela empresa Luiz A. V. Menezes & CIA LTDA, que tem como sócio Mano Menezes. Ela é cessionária dos direitos de imagem do treinador. Por eles, Mano recebia R$ 200.000 mensais do Cruzeiro, e cobra os valores referentes aos meses de abril, maio, junho e julho de 2019, além de R$ 46.666,00 por sete dias no mês de agosto.

Esse valor totaliza R$ 846.666,66 e, segundo a ação movida por Mano, foi acordado entre as partes que seria pago até 18 de agosto do ano passado.

“Todavia, embora acordado pelas partes, o clube Requerido não efetuou o pagamento até a presente data, restando o valor devido, o qual deverá sofrer incidência de juros de mora de 1%, multa de 5% conforme previstos no compromisso de pagamento, além da correção monetária pelo IGP-M, como atualização do valor da moeda”, contém a ação.

O valor atualizado, com isso, vai para R$ 1.011.374,23. “Verificado os requisitos legais do pedido, seja CITADO o clube Requerido, para pagar o valor de R$1.011.374,23 (um milhão onze mil trezentos e setenta e quatro reais e vinte e três centavos), no prazo legal, acrescidos de juros e correção monetária até a data do efetivo pagamento”, traz a ação.

Consultado, o Cruzeiro disse que ainda não foi notificado. Os 15 dias começam a correr a partir do momento que isso acontecer. O Cruzeiro poderá apresentar defesa para o caso. Em outra ação, Mano cobra R$ 4.326.934,00 do Cruzeiro pela rescisão contratual em agosto do ano passado.

Fonte: https://www.otempo.com.br/superfc/cruzeiro

Foto: Daniel Vorley/Light Press

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *