Manoel Júnior fará reunião do PMDB no dia 11 para bater martelo sobre candidatura própria

manoel.junior

O deputado federal Manoel Júnior deve travar uma verdadeira quebra de braço com o deputado estadual Gervásio Maia na decisão do PMDB lançar ou não candidatura própria para prefeito nas eleições de 2016.

Depois da reunião que o diretório realizou há duas semanas, agora é a vez de Manoel Júnior convocar um novo encontro da Executiva Municipal para o dia 11 (sábado), com o mesmo propósito de discutir a questão. Mas o parlamentar, que defende candidatura própria, não tem dúvidas de que o martelo será batido nesse encontro.

“Não tenho dúvida nenhuma de que a Executiva Municipal do PMDB vai fechar com candidatura própria. Isso é quase uma unanimidade dentro do partido”, afirma Manoel Júnior. Ele lembra, inclusive, que até o próprio senador José Maranhão, presidente estadual do PMDB, admitiu na última reunião a possibilidade da legenda se aliar com o PSDB nesse processo.

Manoel Júnior respeita o posicionamento de Gervásio em querer marchar junto com o PSB do governador Ricardo Coutinho. “Essa é uma posição de Gervásio. Mas a maioria quer a candidatura própria e ele (Gervásio) vai ter que seguir o partido”, esclarece.

O deputado federal revela que, depois da definição de que o PMDB terá candidatura à prefeito em 2016, vai começar a discutir alianças com outros partidos e montar uma Frente das Oposições. “A próxima etapa será discutir alianças com outros partidos, como PSC, PR, PP, PSDB e montar, com esses e outros partidos, uma Frente das Oposições”, explica o peemedebista.

Ele ressalta que não vai impor sua candidatura e defende que o nome saia dessa Frente. “Não vou impor minha possível candidatura. Vamos discutir e avaliar o melhor nome com a Frente das Oposições”, finaliza.

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *