Ministro do STJ anuncia aposentadoria durante sessão

O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), anunciou hoje (2) que pediu aposentadoria do cargo. Durante sessão da Sexta Turma da Corte, o ministro disse que tomou a decisão após passar por “sustos de saúde”. Ele tem 57 anos. 

Com a decisão de Cordeiro, caberá ao presidente Jair Bolsonaro indicar um novo integrante para o tribunal após o término do processo de aposentadoria, que foi requerida ao presidente do STJ, Humberto Martins, na manhã desta terça-feira.

Ao se despedir dos colegas, o ministro fez um apanhado de sua carreira e afirmou que sempre buscou concretizar a justiça nos casos em que julgou.

“A vida nos leva a contínuos momentos de repensar. Refleti muito e decidi requerer aposentadoria. Fiz o melhor que pude em 30 anos de magistratura”, disse.

Nefi Cordeiro tomou posse em 2014 e foi indicado para o cargo pela ex-presidente Dilma Rousseff.

Fonte: Agência Brasil

Foto: Gustavo Lima/STJ

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *