Pets também adotam máscaras para prevenção do coronavírus na China

Até os pets estão com medo do coronavírus na China. Pelo menos é o que parece, já que uma série de proprietários de animais domésticos estão compartilhando fotos de seus bichinhos utilizando máscaras cirúrgicas improvisadas na intenção de afastar o vírus epidêmico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não é para tanto: ainda que o vírus tenha infectado mais de 50 mil pessoas e matado mais de 1.300, não há evidências de que a doença possa afetar animais.

Reprodução

Funcionando ou não, o fato é que as máscaras próprias para animais de estimação estão obtendo um salto nas vendas chinesas. Em Pequim, por exemplo, um varejista online disse que passou a vender 10 vezes mais máscaras especiais para cães desde que o surto do coronavírus começou.

Fonte: Olhar Digital

Foto: AsiaWire

 

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *