Programa João Pessoa Cidade Criativa participa de seminário virtual e apresenta projetos sociais

Com o objetivo de repensar a cidade após a pandemia da covid-19, os integrantes do Programa João Pessoa Cidade Criativa participam nesta terça-feira (23), a partir das 18h, do Seminário Santos Criativa Virtual – Outros Olhares para Cidade, que tem como tema “Criatividade, caminho para a igualdade”. A cidade de João Pessoa (PB) neste seminário vai mostrar todos os projetos sociais desenvolvidos para o artesanato e as artes populares neste período em que integra a rede.

A representante do programa João Pessoa Cidade Criativa da Unesco, Marianne Góes, comentou que esse será um momento muito importante para que as cidades compartilhem suas melhores práticas e, João Pessoa, particularmente, irá apresentar as ações que vem desenvolvendo nesses últimos meses, cumprindo com o grande objetivo da Rede, que é o compartilhamento e a troca de experiências e iniciativas que possam ser replicadas por outras cidades da Rede Mundial de Cidades Criativas da UNESCO.

“João Pessoa fica muito honrada de participar sendo a única cidade brasileira no segmento Artesanato e Arte popular, buscando também sempre desenvolver ações que tenham transversalidade com os demais segmentos criativos”, acrescentou Marianne Góes.

O evento será transmitido pela plataforma Zoom, e pode ser visto no canal Youtube do SantaPortal e da Universidade Unisanta. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no endereço www.unisanta.br/santoscriativa. O evento é promovido pelo Sistema Santa Cecília de Comunicação e a Universidade Santa Cecília (Unisanta), e tem como objetivo mostrar o trabalho social e o desenvolvimento econômico do setor criativo em Santos e demais cidades que integram a Rede Cidades Criativas Unesco, por meio de debates que contarão com a presença de autoridades e profissionais da área.

João Pessoa Cidade Criativa – A capital entrou na Rede Cidade Criativa em outubro de 2017, como primeira reconhecida pela riqueza do artesanato e cultura popular, no Brasil. O design entrou como mais um elemento que instigou a capacitação e melhoria dos objetos de artesanato. A entrada de João Pessoa na Rede vem promovendo o compartilhamento de experiências com outras cidades participantes. São mais de 180 cidades de 72 países das quais dez são brasileiras: Santos (SP), no cinema; Belém (PA), Florianópolis (SC), Paraty (RJ) e Belo Horizonte (MG), no campo da gastronomia; Brasília (DF), Curitiba (PR) e Fortaleza (CE), em design; João Pessoa (PB), em artesanato e artes populares; e Salvador (BA), na música.

A cidade de Santos foi escolhida para sediar o 14º Encontro Anual de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que acontece pela primeira vez na América Latina. O conceito de Economia Criativa inclui um novo olhar sobre os modos de produção econômica e social.

Programação – A abertura do evento contará com a presença do secretário Estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, da reitora e da presidente da Unisanta, respectivamente Profa. Dra. Sílvia Teixeira Penteado e Profa. Dra. Lúcia Teixeira, do pró-Reitor Administrativo, Dr. Marcelo Teixeira, da coordenadora de Cultura da Unesco no Brasil, Isabel de Paula, da coordenadora-geral de Meio Ambiente, Cultura e Economia Criativa do Ministério do Turismo, Nicole Ferreira Facuri, e do secretário de Cultura de Santos, Rafael Leal.

Entre os debatedores, estão a coordenadora de Cultura da Unesco no Brasil, Isabel de Paula, a coordenadora-geral de Meio Ambiente, Cultura e Economia Criativa Ministério do Turismo, Nicole Ferreira Facuri, a secretária-adjunta de Cultura de Santos, Raquel Pelegrini,  além de representantes das dez cidades brasileiras agraciadas com o título de Cidades Criativas da Unesco.

Secom-JP

 
 
Dando sequência a entrega de cestas básicas nutricionais e kits de higiene para a população mais atingida pela pandemia de Coronavírus na Capital, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), entrega mais 849 cestas e kits nesta segunda-feira (22). A ação beneficia as 400 famílias residentes do Residencial Saturnino de Brito, outras 408 da Comunidade Porto do Capim e 41 na Comunidade Filipéia, que fica em Tambiá. Esta ação integra o Programa João Pessoa Sustentável, que até o final deste mês vai entregar 20,8 mil cestas nutricionais e kits de higiene para a população de 37 territórios da Capital, beneficiando mais de 41 mil pessoas. “Estamos contando com a participação de 13 secretarias da Prefeitura de João Pessoa para ajudar a realizar esse trabalho junto as famílias, entregando cestas e kits de porta em porta”, disse Edízio Peixoto, da chefia de Gabinete da Sedurb. Com mais essa entrega a ação já ultrapassa a marca de 4.300 famílias beneficiadas, o que representa aproximadamente 17 mil pessoas. Além das comunidades desta segunda-feira (22), já foram contempladas a Beira Molhada (Bairro dos Novais), Três Lagoas (Jardim Veneza), Crei Mayara Lima (Jardim Veneza), Nelson Mandela (Bairro das Indústrias), Rua Honduras (Bairro das Indústrias), Maria de Nazaré (Grotão), Vitória (Altiplano), Rio do Cabelo, (Penha), além dos Residenciais Colinas de Gramame, Vista Alegre e Vitória (João Paulo II). As localidades que estão sendo beneficiadas com esta ação foram definidas através de critérios do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). E em cada uma dessas ações a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) está disponibilizando cerca de 280 profissionais, em um esforço concentrado envolvendo diversas secretarias (Sedes, Sedurb, Semob, Semhab, Seinfra, Sedec, Saúde, Secom, Sead, Guarda Municipal, Defesa Civil, Orçamento Participativo e IPM). A frente ainda conta com apoio do Exército Brasileiro, Marinha e Polícia Militar. FacebookWhatsAppTwitter
 
 
Gerência Regional de Saúde de Campina Grande suspende atendimento nesta terça e quarta-feira

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *