‘Seminário Cidades Democráticas’ é aberto no Espaço Cultural, em João Pessoa

Realizado pelo Fórum Plano Diretor Participativo, o ‘Seminário Cidades Democráticas’ foi aberto, na manhã desta quinta-feira (5), no Espaço Cultural José Lins do Rego. O evento faz parte das atividades em comemoração aos 70 anos da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e tem objetivo de mobilizar a sociedade sobre a importância de participar do processo de revisão do Plano Diretor da Capital.

O seminário é o primeiro movimento organizado que debaterá a transparência e a participação social no processo de revisão do documento. Para isso, pela manhã e tarde acontecem painéis com exposição de experiências sobre temas específicos e construção de diretrizes que farão parte de manifesto para nortear o processo participativo na revisão do Plano.

O vereador Tibério Limeira (PSB) integra o Fórum Plano Diretor Participativo representando a Câmara e é palestrante do painel ‘Auto Gestão nas Comunidades’. Ele destacou como é fazer parte do evento que incentiva a participação popular nas decisões da sociedade.

Seminário Cidades Democraticas 05-10-2017 Olenildo 024

“É uma satisfação participar de um evento tão importante para a cidade. No painel, apresento algumas experiências de organização da comunidade que deram certo, como o trabalho educativo com crianças de preservação do Rio Gramame e da Associação de Mulheres do Porto do Capim. Falo da capacidade da comunidade de se organizar, de dar sua contribuição para a cidade e de como posso utilizar meu mandato como indutor dessa organização social”, ressaltou o vereador.

Participante do painel ‘Planejamento Urbano e Participação Popular’, a arquiteta Paola Paes Manso coordenou três processos participativos em planos diretores em cidades de São Paulo. Ela veio ao seminário relatar as experiências obtidas para guiar a participação popular da Capital paraibana.

“Trago a experiência de planos nos quais participei e se tornaram referência para o Ministério das Cidades, para que se consiga fazer em João Pessoa um bom processo participativo aprofundado. Esse evento é uma iniciativa importante para construir o envolvimento da população, que é naturalmente difícil. É interessante dialogar com a população e saber qual a cidade que queremos e como construir a cidade que queremos”, destacou a arquiteta.

A vice-presidente da Associação de Deficientes e Familiares (Asdef), Carolina Vieira, é mediadora do painel ‘Acessibilidade e Direito à Cidade’ e ressaltou a importância de dialogar e organizar a cidade para todos. “Estamos aqui com o objetivo de preparar a cidade para as pessoas de maneira geral, não só para as pessoas com deficiência, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção e, assim, fazer com que as medidas sejam além de discutidas, executadas”, afirmou.

Seminário Cidades Democraticas 05-10-2017 Olenildo 037

Também compondo o painel da ‘Acessibilidade e Direito à Cidade’, o dirigente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) da Capital, Carlos Batinga, enfatizou a importância da cidade ser planejada para as pessoas. “Vimos muito cidade planejadas para máquinas, mas nós temos que trabalhar a humanização das cidades”, declarou Batinga.

O professor de capoeira João Pitoco é coordenador do projeto social chamado ‘Paratibe em Ação’, localizado nas proximidades do Valentina. Ele esteve presente ao evento para incluir o quilombo da comunidade em que trabalha em políticas públicas e sociais.

“Espero que dialogando surjam formas de enfrentar as dificuldades que encontramos nas periferias. Quem vive e trabalha em locais afastados são normalmente esquecidos pelas instituições e governos. Esperamos colher frutos aqui, alguma política pública voltada para a periferia”, espera o professor.

Seminário Cidades Democráticas 05-10-2017 Olenildo 002 - Cópia (12)

Os painéis temáticos apresentados durante o dia também versam sobre experiências acerca da Cidades e Tecnologia e Transparência Pública.

Palestra com ex-prefeito de São Paulo

À noite, às 19h, será realizada a leitura do manifesto produzido durante os painéis, além da palestra do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que vai compartilhar sua experiência à frente da gestão da maior cidade do país, durante a reformulação do seu Plano Diretor Estratégico.

Segundo um dos organizadores do evento, Pedro Rossi, o seminário já conta com 940 inscritos, podendo esse número ser maior durante o dia. Ele espera também que, para a palestra de encerramento, estejam presentes cerca de mil pessoas.

Secom-CMJP

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *