Torneio arrecada frascos de vidro para o Banco de Leite Humano Anita Cabral

Os frascos de vidro com tampa de plástico rosqueável e volume de 50 ml a 500 ml são os recomendados para coleta e armazenamento do leite materno, o que é preconizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com o objetivo de coletar os utensílios, neste sábado (10), cerca de 14 times do município de João Pessoa realizam torneio de futebol, para arrecadar os frascos de vidro para o Banco de Leite Humano Anita Cabral.

A ação acontecerá das 16h às 22h, no campo municipal Planalto Boa Esperança, localizado por trás do novo Detran, no bairro do Valentina. Na ocasião, serão doados uma média de 250 utensílios.

A diretora do Banco de Leite Humano Anita Cabral, Thaíse Ribeiro informou que, nos meses de agosto e setembro houve um aumento na coleta de leite humano. “Ampliamos para cerca de 80 litros de leite coletado, então os frascos são os componentes necessários para coletar o leite humano, armazená-lo durante todo o processo, desde o momento da coleta, quando a mãe faz a ordenha em domicílio ou nas próprias instituições hospitalares, passando pelo controle de qualidade, classificação, pasteurização, armazenamento e distribuição”, detalhou.

Thaíse ainda defendeu que “a iniciativa do torneio é positiva, pois vimos que a cada ano a proposta de mobilização da população surte grandes resultados, no aumento da doação de leite e também dos frascos. Os diversos seguimentos da sociedade têm aderido cada vez mais às campanhas, inclusive os homens, que têm contribuído com a arrecadação dos potes de vidro, o que representa uma soma importante às ações”, comemorou.

O árbitro e organizador do torneio, Mauro Lima destacou que “a ocasião representa um esforço coletivo, no sentido de contribuir para o armazenamento do leite materno, que é distribuído para os bebês internos nas Unidades de Terapia Intensiva [UTIs neonatais] e com isso, assegurar a vida e a saúde desses recém-nascidos, destacou.

De acordo com a enfermeira da Maternidade Frei Damião, Suênia Tatiara idealizadora da ação, a iniciativa surgiu com o objetivo de ajudar ao banco de leite que necessita garantir não apenas o estoque de leite materno, mas também os frascos, para armazenar o alimento. “Esta é uma grande oportunidade de colaborarmos com os bebês internos nas UTIs neonatais, que tanto precisam do leite materno para sobreviver”, defendeu.

Doações – A campanha para arrecadação de frascos de vidro acontecerá durante o mês de novembro, período que marcará as comemorações do mês do prematuro, o “Novembro Roxo” e será realizada em escolas públicas e privadas, além de empresas como a Indaiá e Coteminas.

Para doar os utensílios, sugerir campanhas ou gincanas para arrecadação dos frascos é só ligar para o banco de leite mais próximo da sua casa ou para o Banco de Leite de Referência, Anita Cabral, a equipe do serviço fará a coleta nos locais que estiverem armazenados os utensílios. Para a coleta nas residências, é necessário o armazenamento de mais de 10 frascos. Não precisam estar limpos.

Novidade – Os frascos de vidro com tampa de plástico rosqueável, que serviam para guardar biscoitos ou bombons também servem para as doações, além dos potes de café solúvel ou maionese.

Thaíse Ribeiro defende que, a arrecadação por meio das doações dos frascos é uma estratégia inteligente, de baixo custo e ecologicamente aprovada, pois contribui com a natureza, no que diz respeito à diminuição de lixo, incentivando as atividades dos bancos de leite humano que são uma estratégia da Secretaria de Saúde do Estado, por meio do Banco de Leite Anita Cabral, para diminuir a morbimortalidade infantil e proporcionar um crescimento e desenvolvimento saudável às crianças paraibanas.

Aumento no estoque – A média de coleta do leite materno nos dois últimos meses tem ultrapassado os 280 litros, o que normalmente é cerca de 200 litros mensal.

Para ser doadora de leite é só procurar o banco ou posto de coleta de leite humano mais próximo, estar amamentando o filho, estar saudável e ter excesso de produção de leite. O serviço de Rota Domiciliar irá até a residência da doadora e entregará o Kit Doação (frascos de vidro esterilizado, luvas, gorro e máscara). Além disso, a equipe prestará todas as orientações necessárias para o correto armazenamento e ainda comparece semanalmente ao domicílio da mãe para coletar a doação.

O telefone do Centro Estadual de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral para mais informações é (83) 3215-6047.

Secom-PB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *