Trump diz que Acordo de Paris “mata a economia americana”

Durante a reunião virtual do G20, realizada no domingo (22), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar o chamado “Acordo de Paris” e afirmou que o acerto, que estabelece metas para redução das emissões de carbono pelo mundo, foi desenvolvido para “matar a economia americana”.

O governo de Trump anunciou a retirada do tratado ainda em 2019 ao considerar que o acordo seria danoso para a manutenção dos empregos americanos. Entretanto, o democrata Joe Biden já afirmou que, caso seja eleito, reverterá a medida depois que tomar posse.

– Para proteger os trabalhadores americanos, eu retirei os Estados Unidos do injusto e unilateral Acordo de Paris — um acordo muito injusto para os EUA. [O Acordo] não foi projetado para salvar o meio ambiente. Foi feito para matar a economia americana – disse Trump.

O Acordo de Paris é um tratado assinado no âmbito da Convenção das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (CQNUMC), que rege medidas de redução de emissão de gases estufa a partir de 2020. O acordo recebeu o nome da capital francesa por ter sido negociado em Paris durante a COP21, e aprovado em 12 de dezembro de 2015.

Fonte: https://pleno.news/mundo/politica-internacional/

Foto: Reprodução

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *