CCJ aprova criação do Programa de Educação Integral na Paraíba

28.02.18-CCJ-5 (1)

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta quarta-feira (28), a Medida Provisória 267/2018 que cria o Programa de Educação Integral, composto por Escolas Cidadãs Integrais e Socioeducativas e institui o Regime de Dedicação Docente Integral.

De acordo com a deputada estadual Estela Bezerra, a norma determina regulamentação do regime integral nos programas educacionais da Paraíba e fortalece a Rede Estadual de Educação. “Com a implantação da educação de tempo integral, chegando ao recorde de mais de 100 escolas pelo estado, o governador Ricardo Coutinho implementou uma nova regulação para que esses concursados, ao passarem por uma prova interna, já tivessem a mudança de modalidade e de provimentos pertinentes a 40 horas ou à dedicação exclusiva”, explicou.

Na ocasião, também foi aprovada a Medida Provisória 266/2018 que estabelece valores para a Tabela de Vencimento do Magistério na forma da Lei nº 7.419/2013 e estabelece novo valor mínimo para o vencimento e soldo de servidores estaduais.

Agência de Notícias – ALPB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *