Corpo de médico morto no Afeganistão chega ao Japão

O corpo do médico japonês, Tetsu Nakamura, deve chegar hoje (7) ao Japão, acompanhado por sua família. Nakamura prestava ajuda humanitária no Afeganistão e foi morto a tiros no país na quarta-feira.

Nakamura foi assassinado junto com cinco outras pessoas por um grupo armado não identificado em Jalalabad, na parte leste do Afeganistão. A esposa do médico, Naoko, e sua filha, Akiko, chegaram à capital Cabul na sexta-feira para recuperar seu corpo.

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, se encontrou com elas no escritório presidencial para oferecer condolências. Ghani disse que é responsabilidade de autoridades afegãs identificar e prender os membros do grupo armado.

Nakamura passou anos no Afeganistão prestando auxílio humanitário e ajudando nos projetos de reconstrução do país, incluindo a construção de canais de irrigação.

Em outubro, ele se tornou o primeiro estrangeiro a receber o título de cidadão honorário do Afeganistão. A polícia afegã acredita que o grupo armado tenha alvejado o famoso médico para marcar sua presença no país e no exterior.

Fonte: Agência Brasil

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *