Frente Parlamentar debate Reforma da Previdência com população de Bayeux

A Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Social da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou plenária popular, nessa terça-feira (07), na paróquia São Pedro Apóstolo, localizada no bairro do Jardim Aeroporto, em Bayeux, para discutir a reforma da previdência proposta pelo Governo Federal.

O encontro contou com a presença de importantes segmentos do município de Bayeux, dentre eles, o Sindicato de Trabalhadores Municipais de Bayeux, Serviço Pastoral dos Migrantes do Nordeste, Partido dos Trabalhadores, Central Única dos Trabalhadores, União Bayeuense das Entidades Sociais, Assentamentos locais e demais representações sociais.

Para a Presidente da Frente Parlamentar, a deputada Cida Ramos (PSB), a ALPB cumpre o seu papel em defesa da Previdência Social. “Nós fomos eleitos para ampliar direitos, para mudar a vida das pessoas para melhor, no sentido de elevar a qualidade de vida. Eu faço essa reunião, pois tenho certeza que a Reforma da Previdência, do modo como está, prejudica e penaliza os trabalhadores e os mais pobres. Não podemos admitir que um país com 13,4 milhões de desempregados queira ampliar esse número, por meio de uma reforma que suprime direitos fundamentais”, afirmou.

WhatsApp Image 2019-05-07 at 9.05.12 PMA parlamentar ainda destacou que abraçar o debate contra a reforma da Previdência significa promover um país mais inclusivo, desenvolvido e ético. “Essa modificação, engendrada pelo governo Bolsonaro representa um retrocesso sem precedentes, por desconsiderar as debilidades sociais do Brasil. Vamos visitar todas as regiões da Paraíba para realizar o bom debate em defesa dos direitos previdenciários e do nosso povo”, pontuou.

O Padre Jorge Ivan, da Paróquia São Pedro Apóstolo, do município de Bayeux, frisou que é papel da Igreja apoiar ações que sejam benéficas para o povo. “Para nós é uma grande alegria colocar o município de Bayeux e a paróquia à disposição dessa importante discussão. Vivemos um momento fundamental e esse tipo de iniciativa nos ajuda a esclarecer dúvidas da população sobre os direitos garantidos por lei, e que com a reforma, podem ser retirados. A Igreja está ao lado dos pobres e dos mais necessitados, por isso entendemos que discutir a reforma da Previdência é indispensável”, ressaltou.

Para a assistente social Ediclê Travassos, é necessária uma ampla mobilização da sociedade contra a retirada de direitos. “Esse momento é de grande importância, para que a população de Bayeux possa tomar conhecimento dos riscos que nós, trabalhadoras e trabalhadores, estamos correndo. A reforma, da forma que está posta, não vai retirar o Brasil da crise econômica e social. É muito importante que essas plenárias possam ser ampliadas para dialogarmos com toda a população”, finalizou.

Agência de Notícias – ALPB

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *