Governo entrega mais dois sistemas de dessalinização do programa Água Doce

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia (Seirhmact), inaugurou mais dois sistemas de abastecimento potável, com dessalinizadores do Programa Água Doce (PAD). Instalados nos municípios de Amparo (Assentamento Fazenda Mata) e de Sumé (Comunidade Pitombeira), os sistemas entregues na sexta-feira (14) foram construídos com recursos do Estado em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, na ordem de R$ 232.523,76 e vão beneficiar a 550 pessoas de 145 famílias.

Além do coordenador estadual do PAD, Robi Tabolka, esteve presentes na inauguração o coordenador nacional do Programa no Ministério do Meio Ambiente (MMA), Renato Saraiva Ferreira. O secretário da Seirhmact, Deusdete Queiroga, recebeu o coordenador do PAD em seu gabinete, momento em que conversaram sobre os resultados positivos do programa no Estado. O secretário ressaltou a necessidade da manutenção e da expansão do programa na Paraíba.

Para Renato Saraiva, os sistemas inaugurados são de boa qualidade e contam com a participação efetiva da comunidade e da administração estadual e municipais.

O presidente da Associação dos Moradores e Usuários de Água da Bacia do Açude de Sumé,Vital Rodrigues Filho, disse que não sabe mensurar a importância do sistema para a comunidade, agradecendo as parcerias dos governos Federal, Estadual e Municipal, solicitando aos moradores a zelar pelo sistema, “que oferece água de qualidade a todos, significando saúde e bem estar”.

governo Inauguracao de Sistemas de Dessalinizacao em amparo e sume 4O sistema da Comunidade Pitombeira, no município de Sumé, beneficia 360 pessoas de 90 famílias. Foram investidos na obra R$ 143.322,41. Já o sistema do Assentamento Fazenda Mata, no município de Amparo, beneficia 190 pessoas de 55 famílias. Foram investidos na obra R$ 89.201,35.

Programa Água Doce – O PAD vai atender na Paraíba a 93 comunidades rurais, contemplando cerca de 50 mil pessoas de mais de 40 municípios do Semiárido paraibano. A iniciativa é executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia (Seirhmact), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, e conta com um investimento de mais de R$ 22 milhões. Atualmente, 46 sistemas estão operando, beneficiando diretamente 4.257 famílias e 16.052 pessoas. Contabilizando com as mais de 150 instituições (Escolas, PSFs, Unidades Básicas de Saúde, associações de moradores, Igrejas, entre outros) que levam água para o consumo de mais de 30 mil beneficiados.

Paulo de Pádua

Paulo de Pádua Vasconcelos é jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Tem especialização em Assessoria de Imprensa, no Curso de Comunicação Social, concluído pela FESP. Trabalhou, como repórter, em vários portais do Estado, a exemplo do WSCOM e ParlamentoPB, no BLOG de Luís Torres, por um determinado período, e também foi repórter dos cadernos de cidade, policial e política dos Jornais A UNIÃO e do extinto O NORTE. Além disso, foi coordenador de Comunicação Social e depois coordenador do Portal da Câmara Municipal de João Pessoa. Atualmente exerce a função de assessor de imprensa da Presidência da Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *